Câmara de Barroso vai devolver mais R$ 35 mil ao Executivo



 
Durante a reunião ordinária da Câmara Municipal de Barroso na noite de segunda-feira, 13 de novembro, os vereadores participaram da votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 33/2017, que autoriza a devolução de recursos financeiros ao Executivo e dá outras providências. O texto garante a devolução de recursos na ordem de R$ 35 mil reais do Legislativo para a Prefeitura.
 
Nas discussões, a Vereadora Vera Aparecida Rodrigues Pereira (Verinha) justificou a devolução, lembrando que se trata de um repasse pertinente ao Executivo, que o destinará às demandas do Distrito Industrial. “Esse valor servirá para que a Prefeitura pague os custos da empresa que está fazendo os trabalhos de zoneamento para a licença de operação do Distrito Industrial. Sem esse trabalho, que não é feito por qualquer empresa, nosso município não conseguiria fazer o relatório final para apresentar nos órgãos competentes e conseguir a aprovação”, afirmou ela, ressaltando que o distrito possibilitará a Barroso sediar empresas, com geração de emprego e renda. “No que depender de nós, para que esse processo de inauguração do distrito seja rápido, poderão contar conosco”, complementou.
 
O Presidente da Câmara, Baldonedo Arthur Napoleão, destacou o apoio que o Legislativo faz questão de apoiar o processo de instalação do Distrito Industrial no município. “Com essa medida, a Câmara de Barroso está dando sua contribuição para o início do funcionamento do Distrito Industrial em nossa cidade, o que muito nos enche de alegria e esperança”, concluiu o Presidente.
 
A medida vem pouco depois de um mês da aprovação da devolução de um outro recurso, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 25/2017, no início do mês de outubro, quando a Câmara devolveu à Prefeitura o valor de R$ 100 mil, para pagamento de despesas nas áreas da saúde e educação.
 
 
(*) Foto de arquivo